Congresso Paulista de Fitopatologia


Go to content

Programação Científica

** Programa sujeito a alteração

TERÇA - FEIRA – 19/02/2013 (MANHÃ)

8h

Praça de eventos "Mário Barreto"
CREDENCIAMENTO, ENTREGA DE MATERIAL E INSCRIÇÕES

9h

Auditório Rocha Lima - 3º Andar
ABERTURA

9h30

Auditório Rocha Lima - 3º Andar
CONFERÊNCIA -
"AMBIENTE SAUDÁVEL, PLANTA SAUDÁVEL - ENFOQUE EM FISIOLOGIA E NUTRIÇÃO DAS PLANTAS" - Prof. Dr. Antonio Luiz Fancelli, ESALQ

10h30

CAFÉ - Praça de eventos "Mário Barreto"

11h - 12h

SESSÃO DE PÔSTER 1 - Praça de eventos "Mário Barreto"

12h

INTERVALO PARA ALMOÇO

TERÇA - FEIRA – 19/02/2013 (TARDE)

13h30 - 16h

Auditório Rocha Lima - 3º Andar
Mesa-redonda 1 -
"EPIDEMIOLOGIA E MANEJO DAS PRINCIPAIS DOENÇAS DOS CITROS NO BRASIL"
COORDENADOR: Dr. Eduardo Feichtenberger, UPD Sorocaba - APTA Regional/SAA

Auditório José Reis - 5º Andar
Mesa-redonda 2 -
"IMPORTÂNCIA E CONTROLE DE NEMATOIDES EM HORTALIÇAS”
COORDENADOR: Dr. Cláudio Marcelo Gonçalves Oliveira, Instituto Biológico

a. Situação do cancro cítrico no país e seus desafiosDr. .José Belasque Junior, Fundecitrus

b. Epidemiologia e manejo regional do Huanglongbing (HLB)Dr. Renato Beozzo Bassanezi – Fundecitrus

c. Manejo de vetores de Hunglongbing (HLB) e Clorose Variegada dos Citros (CVC) Prof. Dr. Pedro Takao Yamamoto, ESALQ

d. Manejo das principais doenças fúngicas dos citros sem os benzimidazóisDr. Eduardo Feichtenberger, U.P.D. Sorocaba/APTA Regional

e. Transgenia em citros visando resistência a doenças
Dr. Ricardo Harakava, Instituto Biológico

a. Levantamento das espécies de nematoides das galhas em áreas de cultivo de olerícolas e reação de espécies vegetais a Meloidogyne enterolobii e M. javanica - Dra. Juliana Magrinelli Osório Rosa, Pós doutoranda

b. A importância da nematologia no desenvolvimento de cultivares de hortaliças - Dr. Ricardo Gioria, Sakata Seeds Sudamerica

c. A difícil convivência com os nematoides em hortaliças - Oliveiro B. Bassetto Junior, Hidroceres Comercial e Mudas Ltda

15h-16h

Auditório José Reis - 5º Andar
Palestra 1 –
VIRUSES ARE MORE THAN JUST SEQUENCES - OR ARE THEY? RECENT ADVANCES IN PLANT VIRUS TAXONOMY– Prof. Dr. Francisco Murilo Zerbini, Universidade Federal de Viçosa, Membro do International Committee on Taxonomy of Viruses (ICTV)

16h

CAFÉ - Praça de eventos "Mário Barreto"

16h30 - 18h

SESSÃO ORAL 1 - (6 apresentações) - Auditório V. Victória Rossetti - 4º andar

18h

COQUETEL e Lançamento do livro "Técnicas de Diagnóstico de Fitopatógenos" - Praça de eventos "Mário Barreto"

QUARTA -FEIRA - 20/02/2013 (MANHÃ)

8h30 - 11h30

Auditório Rocha Lima - 3º Andar
Mesa-redonda 3 - "CONTROLE DE VÍRUS DE PLANTAS BASEADO EM ESTRATÉGIAS DE SILENCIAMENTO DE RNA EM HOSPEDEIROS E INSETOS VETORES"
COORDENADOR: Dr. Marcos Cesar Gonçalves, Instituto Biológico

Auditório José Reis - 5º Andar
Mesa-redonda 4 - "PUCCINIALES – DIVERSIDADE E AVANÇOS NAS PESQUISAS"
COORDENADOR: Dra. Christiane Ceriani Aparecido, Instituto Biológico

a. Specific interference through RNAi of insect genes potentially involved in vector transmission of plant virusesProf. Dr. Juan J. Lopez-Moya, Centre for Research in Agricultural Genomics, CRAG, CSIC-IRTA-UAB-UB, Barcelona, Espanha

b. Defective interfering (DIs) RNAs em tospovirusProf. Dr. Renato de Oliveira Resende, Universidade de Brasília

c. Suppressores de silenciamento gênico na família viral Luteoviridae Prof. Dr. Régis Lopes Correa, Universidade Federal do Rio de Janeiro

d. Silenciamento gênico visando resistência na interação Potyvirus/tomateiroProf. Dra. Poliane Alfenas Zerbini, Universidade Federal de Viçosa

a. Diversidade das Pucciniales do BrasilDr. Aníbal A. de Carvalho Jr., Jardim Botânico do Rio de Janeiro

b. Metodologia para estudos biológicos em PuccinialesDra. Martha Maria Passador, UNESP/ Botucatu

c. Axenic culture in Pucciniales: current status and perspectivesProf. Dr. Salvatore Moricca, Università degli Studi di Firenze, Italia

d. Ferrugem das mirtáceas: etiologia e epidemiologiaMSc. Cristiane de Pieri, UNESP/Botucatu


e. Ferrugens em espécies arbóreas: etiologia e manejo - Prof. Dr. Edson L. Furtado, UNESP/Botucatu

8h30 - 9h30

Auditório V. Victória Rossetti - 4º andar
Palestra 2 -
DESAFIOS E OPORTUNIDADES DO USO DE PRODUTOS FITOSSANITÁRIOS NO AGRONEGÓCIO BRASILEIRO Dr. Eduardo Daher, Andef

9h30 - 10h30

Auditório V. Victória Rossetti - 4º andar
Difusão de novas Tecnologias para o manejo de doenças de plantas

10h30

CAFÉ - Praça de eventos "Mário Barreto"

11h - 12h

SESSÃO DE PÔSTER 2 - Praça de eventos "Mário Barreto"

12h

INTERVALO PARA ALMOÇO

QUARTA - FEIRA - 20/02/2013 (TARDE)

13h30 - 15h

Auditório Rocha Lima - 3º Andar
Mesa-redonda 5 - "PRODUTOS DE AÇÃO NÃO FUNGICIDA ASSOCIADOS ÀS CALDAS DE PULVERIZAÇÃO NO MANEJO DAS DOENÇAS"
COORDENADOR: Dra. Silvania Helena Furlan, Instituto Biológico

Auditório José Reis - 5º Andar
Mesa-redonda 6 - "DESAFIOS ATUAIS EM FITOBACTERIOLOGIA"
COORDENADOR: Dr. Luis Otávio Saggion Beriam, Instituto Biológico

a. Características e uso de adjuvantes: vantagens na potencialização da eficácia dos fungicidas no campoDr. Frank Runge, BASF

b. Papel dos nutrientes foliares associados aos fungicidas para incremento da eficácia de controle de doenças - MSc. Maurício Augusto Andriãol, Stoller do Brasil

c. Controle alternativo de doenças de plantas por indutores de resistência em plantas - Prof. Dra. Solange Maria Bonaldo, Universidade Federal do Mato Grosso/Campus Sinop

a. Xanthomonas campestris pv. viticolao problema da disseminação de pragas A-2 – Dra. Irene Maria Gatti Almeida, Instituto Biológico


b. Streptomyces spp. – as espécies causadoras da “sarna da batata” – situação atual e perspectivas futuras – Dra. Suzete A. Lanza Destéfano, Instituto Biológico


c. Taxonomia de Ralstonia solanacearum – principais avançosDr. Carlos Alberto Lopes, Embrapa Hortaliças

15h - 16h

Auditório Rocha Lima - 3º Andar
Palestra 3 - PUBLICAÇÃO CIENTÍFICA COM QUALIDADE - Prof. Dr. Luis Reinaldo F. Alleoni, ESALQ

16h

CAFÉ - Praça de eventos "Mário Barreto"

16h30 - 18h

SESSÃO ORAL 2 - (6 apresentações) - Auditório V. Victória Rossetti - 4º andar

18h

Concurso de slides - Auditório V. Victória Rossetti - 4º andar

18h

Assembléia Geral - Auditório Rocha Lima - 3º Andar

20h

JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO - Espaço de eventos "Márcia Rebouças"

QUINTA - FEIRA - 21/02/2013 (MANHÃ)

9h - 10h30

Auditório Rocha Lima - 3º Andar
Mesa-redonda 7 - "PATÓGENOS EMERGENTES NA AGRICULTURA SUL AMERICANA E SEU POTENCIAL DE ADAPTAÇÃO A UM AMBIENTE EM ALTERAÇÃO" COORDENADOR Prof. Dr. Paulo Cézar Ceresini, UNESP/Ilha Solteria

Auditório José Reis - 5º Andar
Mesa-redonda 8 - "MOFO BRANCO: SITUAÇÃO ATUAL E PERSPECTIVAS"
COORDENADOR Prof. Dr. José Otavio Machado Menten, ESALQ/USP

a. Processes modulating the emergence of pathogens in the Agroecossystem Prof. Dr. Bruce McDonald, ETH Zurich


b. Buscando a origem de patógenos emergentes na Agricultura Sul Americana Prof. Dr. Paulo Cézar Ceresini, UNESP/ Ilha Solteira

c. Patógenos quarentenários que ocorrem na América do Sul com possibilidade de entrada no BrasilDra. Marta Aguiar Sabo Mendes, Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia

a. Mofo branco: importância e manejo integradoProf. Dr. Luiz Carlos B. Nasser, UniCEUB/Brasília

b. Importância da semente sadia e adequadamente tratada para o manejo do mofo branco – Prof. Dr. .José da Cruz Machado, Universidade Federal de Lavras


c. Manejo químico do mofo branco: situação atual e perspectivasDr. Maurício Conrado Meyer, Embrapa Soja

10h30 - 11h

CAFÉ - Praça de eventos "Mário Barreto"

11h - 12h

SESSÃO DE PÔSTER 3 - Praça de eventos "Mário Barreto"

12h

INTERVALO PARA ALMOÇO

QUINTA -FEIRA - 21/02/2013 (TARDE)

13h30 - 14h30

Auditório Rocha Lima - 3º Andar
Palestra 4 -
"SUPRESSÃO DE UMA ÚNICA MOLÉCULA EFETORA PODE CONFERIR RESISTÊNCIA EM PLANTAS INFECTADAS COM Phytophthora sp." Dr. Ronaldo J. D. Dalio, Fachgebiet Pathologie der Waldbaeume Technische Universitaet Muenchen, Alemanha

14h30 - 17h

Auditório Rocha Lima - 3º Andar
Mesa-redonda 9 - NOVOS DESAFIOS À CAFEICULTURA BRASILEIRA
COORDENADOR: Dra. Flávia Rodrigues Alves Patrício, Instituto Biológico

a. Criptosexualidade em Hemileia vastatrixProf. Dr. Robert Weingart Barreto, Universidade Federal de Viçosa
b. Mancha aureolada volta a preocupar a cafeiculturaDra. Flávia Rodrigues Alves Patrício, Instituto Biológico
c. Melhoramento visando a resistência a mancha aureolada –
Msc. Lucas Rivero Rodrigues, Instituto Agronômico-IAC
d. Danos e manejo do nematoide das lesões em cafeeiros Dr. Roberto K. Kubo, Instituto Biológico/CEIB

e. Novas cultivares com resistência à doenças Dr. Luiz Carlos Fazuoli, Instituto Agronômico-IAC

14h30 - 16h

GRUPO DE DISCUSSÃO - Auditório José Reis - 5º Andar
COORDENADOR: Prof. Dr. Sérgio F. Pascholati, ESALQ/USP

Bioprospecção de fungos sapróbios no PPBIO/semi-árido nordestino para o controle de doenças infecciosas em plantas: indução de resistência (Programa SISBIOTA - CNPq/FAPESP)

16h

INTERVALO PARA CAFÉ - Praça de eventos "Mário Barreto

17h

ENCERRAMENTO - Auditório Rocha Lima - 3º Andar

   
   

Back to content | Back to main menu